16 de julho de 2009

Botões de Rosas!..


Botões de Rosas!..

Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.

O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estará de se apagar.

Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.

Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar.

Robert Herrick

2 comentários:

Bela disse...

Botões de rosa recordam-me a Sta Terezinha que eu tanto adoro. Antes de morrer Ela pediu ás irmãs do convento para que colhessem muitos botões de rosa porque era através delas que se manifestaria.
Um beijo

Katy disse...

Já dizia o Pedro Bial: "aproveite o máximo que puder, o poder e a beleza juventude"...rs
Bem, eu tenho aproveitado da melhor maneira possível....
Beijinhos!