17 de julho de 2009

O Amor que Sinto!..


O Amor que Sinto!..

Como dizer ao mundo do amor que sinto...
Se nem eu mesmo consigo defini-lo?
Sinto na brisa um gesto de carinho...
O canto dos pássaros é a mais linda melodia...
A luz e o calor do sol me revigoram...
O movimento das nuvens acalenta os meus sonhos...
O colorido das flores é meu cenário predilecto...
A água cristalina do mar de Iemanjá uso como espelho...
A chuva fria leva todas minhas dúvidas...
O horizonte é que me dá o exemplo de que viver é só seguir adiante...
Como dizer ao mundo do amor que sinto...
Se nem eu mesmo consigo defini-lo?
Sinto a ternura do sorriso da criança...
Vejo nos olhares frases lindas de afecto...
Um simples toque dá a força que preciso...
Um só sorriso faz voltar minha alegria...
Mas, se ouço um pranto, me comovo e entristeço...
É num abraço que encontro meu abrigo...
Sinto a vida, me deslumbra a natureza...
E mesmo assim, não consigo dizer do amor que sinto.

By Desconhecido

7 comentários:

Katy disse...

"Não consigo dizer do amor que sinto"... não mesmo...
Mas me entrego totalmente, aproveitando cada instante...
Beijinhos.

Graça Pereira disse...

O Amor não tem medida,nem muita explicação mas alimnta-se das coisas mais simples e triviais da vida eexpressa-se pelos pequeninos nadas do quotidiano."Não sei dizer o que é,só sei dizer que o sinto. Lindo poema. Um beijo Graça

Carmem disse...

É difícil explicar...definir o amor.
O importante é poder senti-lo vivo dentro de nosso peito e de nossa alma.
Muito bonito o que escreveu...

Obrigada pelo carinho!

Beijos

Palma da Mão disse...

É puro o sentimento meu amigo, são belas as palavras que mais uma vez, e com muita pena minha, das quais se desconhece o autor, importa que as sentes, que as sentimos,que as trazes até nós com carinho, e sem duvida que o amor mais intenso, o único, aquele que não se compara a nenhum outro sentimento, não é possivél defenir em palavras...
beijinhos

Princesa disse...

Olá meu amigo
já cá estou na nossa terra e com muito calor parece que já nem lembrava que cá é mesmo assim, mas podia estar pior mesmo assim não está mau a noite está fresca e linda realmente eu tinha saudades da nossa noite e estive até tarde na minha varanda onde se podem ver as estrelas e sonhar, onde moro não há muitas luzes e a noite é linda.

Realmente este post fala uma verdade nós não conseguimos medir o amor que temos que por vezes é imenso e nem nos apercebemos comigo é assim mesmo mas é lindo e saudável, pois amar não é só homem e mulher é amar a vida os amigos os mundo, amar é viver é ser feliz.

Quem não precisa de um Amigo,
de alguém para partilhar suas coisas?
Ter amigos e ter a melhor relação com o mundo,
é jamais pensar que se está só, sem ninguém...
Quem tem amigos na verdade possui tesouros,
mas deve mostratá-los com o devido cuidado,
como se fosse uma jóia preciosa, de grande valor
que não encontramos em todo lugar.

Bom fim de semana meu amigo
com tudo de melhor que a vida tem para dar
Um beijo

cymiller disse...

Oh, querido, mil perdões! Não estou fazendo pouco caso de ti, nunca penses isto!Acontece que estou as voltas com a documentação para partir para os Estados Unidos, muito tempo fora de casa, filas enormes! Bem, quanto a sua pergunta, sei de imediato que são de Lisboa.Mas vou me informar exatamente qual o vilarejo.Abraços apertados, gentil amigo!!!!

Dione disse...

Oi, meu amor... Quanto tempo... Pôxa, não me esqueci de você, não,viu... É que a correria está muito grande... Muito mesmo... Estou sem tempo de parar e deixar recadinhos à todos os meus queridos blogueiros, mas estou me organizando!
Ah, ainda não sei se é curiosidade ou uma piadinha mesmo essa do queijo...rs...
Dizem isso mesmo... Esquecimento... Mas eu nem ligo!
Eu sou vegetariana, sim! Mas não sou vegana,então, eu como queijo, sim! Alás, eu ADORO queijo...