22 de outubro de 2009

Teu Nome!..


Teu Nome

Teu nome escrevi nas finas areias
A onda que veio teu nome levou
Com todo o cuidado, com todo o carinho
O mar lá no fundo teu nome guardou.

Mas surge no mar um grito de guerra.
De inveja brigaram as lindas sereias.
Somente porque,
Com todo o cuidado, com todo o carinho,
Teu nome escrevi nas finas areias.

Ivan Cercato

6 comentários:

angela disse...

Que foto mais linda e como combinou com o poema. Ficou muito lindo.
Beijos

Graça Pereira disse...

As ondas, têm inveja do que se recreve na areia então, chegam de mansinho... e levam tudo.
Poema lindo ondulando nas palmeiras do deserto.
Um bom fds e um beijo Graça

Casal do Arrocha disse...

Que post perfeito!
Linda imagem e belo poema...
Bjs...

Palma da Mão disse...

Existem palavras perfeitas, onde a ternura se alia ao barulho do mar e tudo fica tão bonito:)
beijinhos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

E poemas assim só nos inspiram a fazer poesia da vida.

Abraço, até mais!

Jota Cê

AFRICA EM POESIA disse...

Aqui Ali acolá

Meu amigo
ando Numa correria com aulas e casa blog e familia.
Mas é asssim e tenho que fazer tudo...
O fim de semana chegou e dá para descansar.
sabes que nesta saudade até o inverno nos "encolhe"...e nos rouba anos de vida.
AQui às 5 horas é noite...


Saudades do meu Negage
do meu calor
do meu Cacimbo
para ti...um beijo