19 de outubro de 2009

Cordel de Flores!...


Cordel de Flores

Você manda tantas flores,
Esplendores do meu dia
Perfumadas, tão bonitas
Submersas em magia…

Tantas flores já mandaste
- Perdi a conta, sabia?
Enfeitei todinha, a casa,
E entre elas me escondia.

Se não sobrar mais lugar
Para guardar todas elas,
Depois de enfeitar a casa,
Ponho em todas as janelas.

Se mesmo assim não couberem
Não me preocupo não
Reservo sempre um lugar
Dentro do meu coração!

Se mesmo assim sobrar flores
Encho os vasos do jardim
E coloco aos pés da santa,
Arrumadinhas… assim…

Enfeito até meus cabelos,
Coloco no meu chapéu.
Na pipa, uma rabiola,
Vai levar flores pro céu.

Mas se ainda assim sobrar,
Muitas flores, veja bem…
Se você me permitir,
Dou de presente pra alguém…

Esse alguém que eu amo tanto,
Das rosas despetaladas,
Fará tapetes de flores,
Para cobrir nossa estrada.

Eu tive assim uma idéia
“Loucuras de quem se ama”,
Jogar pétalas de rosas
Para enfeitar nossa cama!

Mirian Warttusch

14 comentários:

angela disse...

Um poema suave.
beijos

Feitio'zinho disse...

Que texto! Gostei muito*

Um beijo e uma boa semana*

Palma da Mão disse...

Lindo este presente que nos ofereces pelas tuas mãos, é sempre um prazer poder partilhar este perfume com um amigo:)
beijinhos e obrigada pelo carinho da visita:)

AFRICA EM POESIA disse...

Aqui Ali acolá


Meu amigo da terra quente...
Cheia de barro vermelho
Do por-do-sol...
fantástico
E do Amor
Com a paleta cheia de cores ...
envio um beijo


CHEGOU O PINTOR


Vinha vestido de preto...
Com boné preto e lindo...
Vestia uma bata branca...
Para cobrir o fato...
E não deixar a tinta passar...

O pintor pega na paleta...
Coloca um emaranhado de tintas...
Tintas de todas as cores...
Verdes, amarelas...
Roxos, azuis e encarnado...

Pegou no pincel...
E com arte...
Com saber...
Com magia...
Entrelaçou as cores...
Entrelaçou o seu saber...
Entrelaçou afectos...

E no fim eu olhei...
E nun canto...
Num canto muito especial...
Eu vi...
Umas pintinhas...
Volto a olhar...
E nessas cores...
Nessas pintinhas...
Eu vi que era... "eu"...

LILI LARANJO

Casal do Arrocha disse...

Lindo!
Ótima semana pra ti meu anjo!
Bjs...

"re" disse...

Cordel de flores que alegra o meu canteiro neste verão meado e tão quente.
Uma dádiva da natureza, brindando com suas nuances, distribuindo sensações ...

Besos

Chris disse...

Um cordel de palavras floridas e cheias de cor.
Bjs
Chris

Graça Pereira disse...

Para enfeitar poemas, o que será melhor do que as flores?
Um beijo e uma óptima semana.
Graça

neide disse...

Que poema lindo!
Quem dera ganhar tantas flores a ponto de procurar lugar pra pô-las, e que idéia magnífica... pétalas sobre a cama.. romantico.

Boa semana meu amigo.

Bjss

Vieira Calado disse...

Olá, boa tarde!

Muito grato lhe fica pelas suas palavras sobre o meu novo livro.

Bem haja!

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Obrigado pelas suas palavras em relação ao meu novo livro.

E agora imagine que a editora ainda não me enviou os livros a que tenho direito...

para depois eu poder enviar a quem mo pediu...

Têm muito pouco respeito pelos autores.

Olhe, por exemplo, mandaram-me convites para eu enviar aos amigos, por carta, dois dias antes do lançamento. Como só fui abrir a caixa do correio às 5 da tarde... era de todo inútil mandar o que quer que fosse...

Valeu na apresentação, os muito caros blogistas que eu tinha convidado por mail.

É tudo assim!

Pelos vistos temos de conviver com este país que temos...


Bem haja!

♥ ♥ Eu disse...

Lindo, realmente sem palavras...então te deixo um carinhoso boa noite.

beijos!

Parapeito disse...

e com um cordel de flores que belos colares fazemos :)
Sei caro amigo o quanto gostas de flores...muito bonito este jardim que aqui nos deixas te.
Se me permites.nao te quero dar flores quando partires...antes hoje
espero que gostes
http://www.youtube.com/watch?v=rouoHvCKvos
Brisas doces para ti****

Maria L. Bózoli disse...

lindissimo poemaaaaaaaaaaaaaaaa

Beijosssssssssssssssssssss