5 de agosto de 2009

Meditação!..


Meditação!..

Às vezes, quando a noite vem caindo,
Tranquilamente, sossegadamente,
Encosto-me à janela e vou seguindo
A curva melancólica do Poente.

Não quero a luz acesa. Na penumbra,
Pensa-se mais e pensa-se melhor.
A luz magoa os olhos e deslumbra,
E eu quero ver em mim, ó meu amor!

Para fazer exame de consciência
Quero silêncio, paz, recolhimento
Pois só assim, durante a tua ausência,
Consigo libertar o pensamento.

Procuro então aniquilar em mim,
A nefasta influência que domina
Os meus nervos cansados; mas por fim,
Reconheço que amar-te é minha sina.

Longe de ti atrevo-me a pensar
Nesse estranho rigor que me acorrenta:
E tenho a sensação do alto mar,
Numa noite selvagem de tormenta.

Tens no olhar magias de profeta
Que sabe ler no céu, no mar, nas brasas...
Adivinhas... Serei a borboleta
Que vendo a luz deixa queimar as asas.

No entanto — vê lá tu!— Eu não lamento
Esta vontade que se impõe à minha...
Nem me revolto... cedo ao encantamento...
— Escrava que não soube ser Rainha!

Fernanda de Castro

4 comentários:

Bela disse...

A meditação é um acto muito saudável, que todos deviam incluir na rotina da vida. Se na meditação incluir a meditação sobre o dia que passou e reconhecer o estado de espirito do nosso coração ... melhor!

Um beijo

Escrevo Palavras e choro poemas disse...

Lindo poema querida! bom dia! para mim foi um prazer ter vc no meu cantinho!

Graça Pereira disse...

Na penunbra, pensa-se, ama-se, sonha-se melhor! Bendita a meditação quando é sobre o amor. Um bj Graça.

Princesa disse...

Meu bom amigo
Espero que por aí esteja já mais fresco por aqui está ainda muito quente não se pode andar na rua ainda mas há noite sabe bem o fresco e a bonita visão do céu estrelado com o brilho da lua dá para meditar, eu o faço muitas vezes e este poema vem mesmo a calhar vamos todos meditar...

É madrugada em tua vida !!!


Desperta.
É o momento da comunhão contigo mesmo.
Faz agora, neste instante, um retrospecto...
Busca reencontrar os sonhos que tristemente

deixaste cair pela estrada por onde caminhaste.
Retoma-os.
Realiza-os.
Sempre é tempo de recomeçar.
Nunca é tarde para reconstruir um desejo...

Um beijo e tudo de bom para si