3 de agosto de 2009

Mar, doce Mar!...


Mar, doce Mar!...


Mar que banhas a areia tão fina

Que meus pés nela deslizam

Sentindo o fresco da manhã

No sal que fica em mim

Deste mar tão belo e puro

Que a natureza conserva

Dia a dia, noite a noite

Mar de conquistas, de amor

Mar de amores de sonhos belos

Que à noite provam teu sabor

Nas ondas de um grande amor

Te esperando na areia

Com ansiedade e fervor

Eis que tu mar és a beleza

O fascínio dos corações

Dos amantes que te amam

E em ti deixam paixões

By Aqui-Ali-Acolá

3 comentários:

Princesa disse...

Boa tarde amigo
ainda com muito calor o dia por aqui se vai passando e a noite vai chegando e com ela a inspiração.
Este seu poste mar, doce mar como eu adoro o mar tal como a noite e a lua tudo mexe de alguma forma com o meu ser e adorei este seu belo poema, parabéns

Já ouvimos falar que amigos são presentes de Deus
Eu não tenho a menor dúvida dessa realidade...
Em alguns momentos de nossas vidas
uma mensagem de um amigo cai como bálsamo
em nossos corações...
Agradeço a Deus pela sua vida que hoje
faz parte da minha vida...

Um beijo com tudo de bom para si

Bela disse...

Mar ... porção de água com magia elevando os corações dos amantes, confidente dos olhos tristes e testemunha das mais belas histórias de amor.

Beijos

Carmem disse...

O mar é mágico!...Dono de sonhos... inspirador de coisas como a que escreveu...
Lindo demais!

Beijo e obrigada pelo carinho