7 de agosto de 2009

Amor Pacífico e Fecundo!..


Amor Pacífico e Fecundo

Não quero amor
que não saiba dominar-se,
desse, como vinho espumante,
que parte o copo e se entorna,
perdido num instante.

Dá-me esse amor fresco e puro
como a tua chuva,
que abençoa a terra sequiosa,
e enche as talhas do lar.
Amor que penetre até ao centro da vida,
e dali se estenda como seiva invisível,
até aos ramos da árvore da existência,
e faça nascer
as flores e os frutos.
Dá-me esse amor
que conserva tranquilo o coração,
na plenitude da paz!

Rabindranath Tagore

7 comentários:

angela disse...

Belas poesias, e interessante seu blog.
Virei mais vezes.
Um amor fecundo e tranquilo faz muito bem a alma.
abraços

Katy disse...

Também quero um amor assim...mas será que existe?
Ótimo final de semana!
Beijinhos.

Princesa disse...

Boa tarde amigo

Hoje com um dia mais fresco por aqui os anímos acalmam também sabe bem embora ainda esteja quente mas tal como me descreveu ontem a noite estava maravilhosa e onde moro que está escuro o céu estava um espectáculo a lua iluminava tudo parecia o raiar do dia lindo assim até dá para sonhar acordada.

É bom um amor assim e só não o é porque as pessoas por vezes complicam é bom amar com serenidade e confiança.

Não há uma estrada real para a felicidade,
mas sim caminhos diferentes.
Há quem seja feliz sem coisa nenhuma,
enquanto outros são infelizes possuindo tudo...

Um resto de um dia pleno de amor e carinho e uma noite maravilhosa com muita inspiração.
Um beijo

neide disse...

Oi querido amigo

O amor é assim, nós que o complicamos, não é mesmo?
Mas vamos tentando melhorar pra navegarmos em águas tranquilas.

Ótimo final de semana.

Bjss

Graça Pereira disse...

Este poema de Tagore é belissímo. Uma escolha perfeita para estas fotos que escolheste. Parabens! Um abraço e bom fds Graça

AFRICA EM POESIA disse...

Gostei de passar por aqui,,,
Vou voltar

Jacarée disse...

Que amor tão lindo...que alenta o espirito.
Adorei este blog.
Até já