20 de julho de 2009

Na Palma da tua Mão!..



Na Palma da tua Mão!..

Mão que sentes, mão que afagas
Dás carícias e desejos
Tocas meus lábios ardentes
De onde saem meus beijos.

Mão que meu corpo percorre
Com suave delicadeza
Nela se sente o encanto
De sua doce beleza.

Mão tão pura e singela
Pela manhã em meu rosto
Sua ternura tão bela
No calor do mês de Agosto

Mão que brilha a todo instante
Com alegria e emoção
Na sua palma me trás
Este doce coração

5 comentários:

Princesa disse...

Bom dia meu amigo
Hoje parece que o tempo está mais brando ontem foi terrivel o calor abrasava os corpos por aqui estáva impossível.

Este seu poste está lindo realmente na palma das nossas mãos podemos ter o mundo podemos fazer tudo podemos dar um carinho dar um conselho dar amor dar o pão aos carenciados dar a mão amiga a quem precisa adorei este post de hoje como sempre

Quando eu era jovem minha imaginação não tinha limites, sonhava mudar o mundo.

Quando fiquei mais velha e sábia, descobri que o mundo não mudaria

Então resolvi espalhar amor e carinho para suavisar os males do mundo

Um reste de dia bom para si meu amigo
um beijo

Helô Müller disse...

Que coisa mais cativante de se ler num início de semana... Sensível e tão delicado! Parabéns, Poeta!
Entregar os nossos corações e cuidar dos alheios é uma bela prova de amor compartilhado!
Beijos meus
Helô

Palma da Mão disse...

Um sorriso jamais seria suficiente para conseguir exprimir tudo o que se sente ao ler palavras sublimes e distintas como estas, achei lindo mesmo migo, será com certeza uma semana diferente:)
beijinhos

neide disse...

Bom dia meu amigo!

Poesia doce, leve, gostosa de ler.

Tem um selo do lado direito do meu blog pros amigos, ok?

Boa semana.

Bjsss

Katy disse...

As mãos, o tato...nos permitem viver a intensidade de tudo que existe...
Feliz Dia do Amigo!
Ótima semana!
Beijinhos.