16 de junho de 2009

De Noite!..


De Noite

Quando me deito ao pé da minha dôr,
Minha Noiva-phantasma; e em derredor
Do meu leito, a penumbra se condensa,
E já não vejo mais que a noite imensa,
Ante os meus olhos intimos, acêsos,
Extaticos, surprêsos,
Aparece-me o Reino Espiritual...
E ali, despido o habito carnal,
Tu brincas e passeias; não comigo,
Mas com a minha dôr... o amôr antigo.

A minha dôr está comtigo ali,
Como, outrora, eu estava ao pé de ti...
Se fôsse a minha dôr, com que alegria,
De novo, a tua face beijaria!

Mas eu não sou a dôr, a dôr etérea...
Sou a Carne que soffre; esta miseria
Que no silencio clama!

A Sombra, o Corpo doloroso, o Drama..

Teixeira de Pascoaes

5 comentários:

Palma da Mão disse...

Sem duvida, um escolha em que a desilusão e a solidão fazem, das palavras, pequenos fantasmas, que nos cabe a nós, deixar para trás...só nós o podemos fazer...
Beijinhos e obrigada pelo carinho das tuas palavras

rosa dourada/ondina azul disse...

Um poema que nos fala do fastasma da noite...
Às vezes, na escuridão há formas que se desvanecem na luz do dia...

Boa semana,
Beijinho,

Chris disse...

É da noite que nasce o dia... faz sentido.
bjs
Chris

Princesa disse...

Boa noite
meu bom amigo
Espero sempre que tudo esteja bem consigo.
Antes de mais as suas palavras bem como as de todos que comentam nos meus blogues me deixam sempre babada, uma coisa á muito que não vai ao meu MY Angel ele está diferente de cara lavada quando tiver uns minutos gostaria que desse uma vista de olhos é sua opinião é sempre uma honra para mim.

Este poste um pouco triste mas lindo me toca cá dentro no coração, boa escolha como sempre.

A amizade é como um navio no horizonte.
Nós vemo-lo, cortando o céu,
e em seguida ele avança,
desaparece de vista,
mas isso não significa que não continuará.
Essa amizade é linear.
Ela move-se em todas as direcções,
ensinando-nos sobre nós mesmos
e sobre cada um de nós.
é por isso que no decurso de fortes amizades,
estaremos presentes uns para os outros,
mesmo que,
nem sempre,
estejamos visíveis

Tenho um bom dia amanhã é o que lhe desejo
um beijo

Dione disse...

"De noite na cama
eu fico pensando...
Se você me ama...
e quando"

(Marisa Monte)

BOM DIA!