28 de abril de 2009

Nossa Primeira Vez!..


Nossa Primeira Vez!..

Eu ando assim, meu amor:
O desejo aumentando...
Suspiros e devaneios,
Arfante roçar de seios,
Meu corpo está te chamando...

Percebo, dia após dia,
Que me desejas também.
E, enquanto não chega a hora,
Eu sonho, tal como agora,
Que desta vez você vem.

Que gosto terá teu beijo?
Um sabor de ambrosia
É o que estou imaginando,
Mas só saberei sugando
A tua boca macia...

Que aroma terá teu corpo?
Perfume de sedução...
Quero cheirá-lo inteirinho,
Saboreá-lo todinho,
Explodindo de paixão...

Nesta espera alucinada
Por tão ansiada festa,
Prazeres que tanto quero,
Em meu desejo sincero,
Aguardar é o que me resta.

Quero entregar-me inteira,
Com total insensatez,
Deixar-te me devorar,
E alucinadamente gozar
A nossa primeira vez...

Maraína Bastos

2 comentários:

rouxinol de Bernardim disse...

Lindo, lindo, lindo!

Diria que merece dez estrelas!

Princesa disse...

Amigo

Serás meu amigo quando sorrires comigo.
Para que eu seja teu amigo, deverei chorar contigo tuas lágrimas.
Provarás tua amizade , vindo ao meu encontro.
Eu provarei ser teu amigo não deixando haver o desencontro.
............................

ESTE SEU POEMA ME COMOVEU MUITO SABE AMIGO EU SINTO MUITO A POESIA POR VESES ME TOCA BEM FUNDO FOI O CASO COM ESTE BELO POEMA OBRIGADO E PARABÉNS PELA FELIZ ESCOLHA
UM BEIJO E UM BOM DIA CHEIO DE COISAS BOAS PARA SI