7 de março de 2009

Asteróide “rasou” a Terra!...

Asteróide “rasou” a Terra!...

Um asteróide com 30 a 40 metros de diâmetro, passou no início desta semana a 60 mil quilómetros a sueste do Pacífico. Segundo os cientistas nenhum objecto desse tamanho foi alguma vez observado tão perto do nosso planeta e por pouco não atingiu a Terra na sua trajectória

A passagem do DD45 deixou espantada a comunidade científica pela proximidade da trajectória - sete vezes mais perto da Terra do que a Lua.

O 2009/DD45 é o primeiro asteróide que mais se aproximou da Terra desde 1973 e é semelhante àquele que arrasou cerca de 2.000 quilómetros quadrados de bosque na Sibéria no ano de 1908.

O objecto foi detectado na passada sexta-feira por Rob McNaught, do observatório australiano de Siding Spring. Segundo o cientista por pouco o asteróide não atingiu a Terra.

De acordo com o especialista, cerca de mil asteróides estão classificados como potencialmente perigosos para a Terra. A probabilidade de que um meteorito de mais de um quilómetro de diâmetro colida com o nosso planeta é de um em milhões de anos. Mas a possibilidade de um corpo de menos tamanho e capaz de destruir uma cidade inteira é de um em apenas algumas centenas de anos.


Msn Notícias

5 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Que post mais interessante. Ainda bem que não atingiu a Terra. Fiquei com medo...rs

Olha, não sei se gosta desse tipo de selo, mas ganhei e repasso com todo carinho. Deixei pra você no blog.

Maravilhoso final de semana.

=]

-

Gleiciane disse...

Oi td bem?como assim o blog te surpeendeu como o blog sta apresentado?rs
amei seu blog,mto maneiro!
Estou seguindo o seu blog segue o meu lá!
e oega um selinho

Bjinhos

Pelos caminhos da vida. disse...

Que bom que não atigiu a Terra.

Tem selinho la pra vc.

beijooo.

Cidadão abt disse...

Depois do facto, Aqui-Ali-Acolá ainda postou este artigo? Então ficou tudo bem!
Quando noutra ocasião, necessitar preceder o "rasou" com um "a", concerteza não conseguirá concluir o post nem dar a notícia!

Aqui - Ali - Acolá disse...

Amigo Cidadão:
Eu entendo muito bem onde vc quer chegar com este seu comentário, mas agora vejamos:

1.º-Quando vc aqui reporta, se eu ainda depois do facto postei este artigo, vi logo o seu ponto de observação em relação à palavra inserida na notícia
mas, veja bem uma coisa:

Isto é uma notícia que está publicada tal e qual aqui está postada, apenas e só isso, pois eu não a posso alterar visto que, ela está assim publicada não acha?
Se eu a alterasse, teria que pôr assim:

Asteróide passou a rasar a terra, ou:
Asteróide passou rente à terra, ou:
Asteróide passou perto da terra,etc., etc..

Outros títulos diferentes mas semelhantes eu poderia dar à notícia, mas como atrás cito, ela está publicada assim e assim eu a postei.

Claro que se eu necessitasse de postar a notícia precedendo do (a) antes de (rasou), ela não teria sentido visto que, a notícia em si, não está no tempo correcto para que o (a) apareça antes do (rasou), então a notícia seria diferente e o título também, teria que ser:

Asteróide arrasou a Terra, mas aí, o conteúdo da notícia seria diferente.

Segundo o sinónimo de (rasou) ele está inserido na família de (rasar, roçar, raso, rente, etc.).

Como está posto o título da notícia, eu também me exclamei mas, (como atrás cito), o publiquei como ele está exposto por quem o editou, assim como o faço em qualquer notícia que eu ache que deva ser meu interesse postar aqui, mas enfim, cada um o julgará à sua maneira.
Esta palavra faz-me lembrar certos comentadores de Rádio e TV que à uns anos muito a diziam ao relatar jogos de Futebol onde a dada altura uma bola que era chutada à baliza por um jogador e passando ela muito juntinho ao poste dizia o comentador:
A bola chutada com grande violência rasou o poste da baliza.
Outros diziam a bola passou a rasar o poste da baliza.
E outros diziam a bola passou rente ao poste da baliza, etc., etc..

Quando em outra ocasião eu necessitar preceder ou anteceder o (rasou) com um (a) antes claro que não tem sentido tal coisa, tal como atrás cito, e até está bem claro:

Rasou, não está no tempo de o (a) antes no caso desta notícia, o óbvio de a rasou não está correcto mas sim (arrasou) mas isso será para uma notícia diferente.

Bom Domingo..