10 de novembro de 2010

Está aí o S. Martinho


Lenda de S. Martinho

O porquê do "Verão de S. Martinho"

O dia de S. Martinho comemora-se no dia 11 de Novembro.

Diz a lenda que quando um cavaleiro romano andava a fazer a ronda, viu um velho mendigo junto a um riacho cheio de fome e frio porque estava quase nu.

O dia estava chuvoso e friorento, o velhinho estava todo encharcado tremendo de frio.

O cavaleiro, chamado Martinho, era muito bondoso e gostava de ajudar as pessoas mais pobres. Então, ao ver aquele mendigo, ficou cheio de pena e cortou a sua grossa capa ao meio com a espada.

Depois deu metade da capa ao mendigo e partiu.

Passado pouco tempo, a chuva parou e apareceu no céu um lindo Sol aquecendo o tempo como um dia de Verão.


==========000==========

Castanhinhas
Assadas com sal
Que bom apetite
Não faz nada mal




No dia de S. Martinho vai a adega e prova o vinho




Água-pé, castanhas e vinho é uma grande festa pelo S. Martinho.


Aqui - Ali - Acolá

15 comentários:

Luís Coelho disse...

O São Martinho é dos santos populares que está nas nossas raízes católicas. As castanhas e o vinho são produtos da agricultura que aparecem nesta época e talvez por isso tivessem feito a associação lingando-as à bondade do Santo.
Gosto da lenda-história e gosto das castanhas..

Do vinho ... nem para provar...
Muitas pessoas se auto-destruíram.

O vicio é tal que estando bêbados continuam a beber.....

Rosane Marega disse...

Mas que lenda mais linda e estas fotos me deram uma vontade louca de comer castanhas e tomar um vinho...rsrsrsr
Beijossssssssssssssss

angela disse...

Bonita lenda e na verdade sempre temos esses dias mais quentes no outono.
beijos

NAS ASAS DA POESIA disse...

Pegue a esperança e viva na sua luz. Pegue a bondade e doe-a a quem não sabe doar. Descubra o amor e faça-o conhecer ao mundo"

Mahatma Gandhi

Beijos & Flores...Bem vindos! M@ria

Amor feito Poesia disse...

Sou a ave que voa no sonho,
Sou o vento que canta risonho,
Sou o riacho que renova a alegria,
Sou o sol que nasce cada dia.

Mardilê Friedrich Fabre

Bom Fds...Beijos & Flores! M@ria

Chris... ჱܓ disse...

Que linda história de S. Martinho!!
Eu não conhecia...
Adoro as castanhas assadinhas... Humm
E o vinho...

Lindo post!!

Tenha uma linda semana de paz!
Bjos mil...

Chris...

Graça Pereira disse...

Mas este ano por aqui, o Verão de São Martinho...encolheu-se um pouco! O dia esteve chuvoso e frio, valeu-nos as castanhas assadas para nos aquecer.
Beijo
Graça

Isa GT disse...

Adoro castanhas mas quanto a não fazerem mal... ;)

Bjos

Nas Asas da Poesia disse...

Suave melodia
Noite e noite dia e dia
Afeição na parceria
Emoção pura e tranquila

Dhenova

Feliz dia´... Beijos na alma! M@ria

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Boa noite, amigo.

Gostei da história de São Martinho, eu não a conhecia.

Agora, essas castanhassss...hummm..devem ser deliciosas..e o vinho então!!! Acho que vou tomar um vinho agora..rs..

Fica com Deus, amigo.

Abraços.

Mimo Chic disse...

Que saudades de nosso amigo, que sempre nos da presentes com seus comentarios!
castanhas, hummm adoro com vinho sempre!
bjs
Lulu & Sol

Amor feito Poesia disse...

A simpatia e a
amizade são
duas flores enraizadas no
jardim do tempo.

D.A

Beijos & Flores no seu dia...M@ria

Nas Asas da Poesia disse...

Palavras soltas como pássaros de asas abertas que não possuem
destino, nem desatino, apenas pulsam em voos livres... Pois que
voem livres as palavras, que ecoem em canções e gemidos. Em
pranto e prece, até que se calem todas as feridas, todas as iras...
Que a palavra finalmente expressa, seja livre, doce e calma.
Definitivamente liberta...

Sonia Schmorantz

Amor & Paz na sua noite!Beijos!...M@ria

Princesa disse...

Abençoados os que possuem amigos,
os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede,
não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!
Agradeço por sua amizade!
Beijos

Nas Asas da Poesia disse...

" Muitas vezes ...
Esquecemos de reciclar nossos sentimentos
De esvaziar as gavetas da Alma
De abrir as janelas
E deixar o sol entrar "

=- Bruno de Paula -=

BOM FDS..........Beijos meus! M@ria