23 de setembro de 2010

Bom Dia.



Bom Dia

Rompeu o dia em manhã de Outono
Quente e sereno, prado de marfim
Olhos nos olhos se fitam em mim
Num lençol de linho saído de um sono
Sonhos brilhantes saídos de ti
Rasgaram a noite num manto sem fim
Em meus braços tu flor
Pérola da manhã, beijos na carne
Feitiço ondulante, corpo esbelto esguio
Por entre as mãos desliza, formas delirantes
Fulgor que bate em corações ardentes
De um desejo em saudade imensa
Criada num instante de um calor intenso
Do mais puro amor em chama viva
Vindo de um peito que afago docemente
No calor da noite onde a luz se via
Rompendo p'la manhã até ser dia.

Aqui - Ali - Acolá

7 comentários:

Rosane Marega disse...

Bom diaaaaaaa!!!
Beijossssssss

Luís Coelho disse...

Veio a madrugada de outono e veio também o sabor de bons sonhos e boa poesia desenhada em corpos finos e esbeltos.

Isa GT disse...

Isto é o que se chama... começar bem uma manhã de Outono!

Bjos

Amor feito Poesia disse...

Ah! Deixa-te vogar, calmo, ao sabor
Da vida... não há bem que nos não venha
Dum mal que o nosso orgulho em vão desdenha!
Não há bem que não possa ser melhor!

Florbela Espanca

Feliz tarde!Beijos perfumados! M@ria

Majoli disse...

Que linda manhã de outono, aqui é manhã de primavera...cheia de encantos, estação brilhante.

Beijos.

RECANTO DA POESIA disse...

Deveríamos ser como borboletas,
e ter a coragem de enfrentar
a metamorfose da vida,
para sermos livres.

Patty Vicensotti

Sonhos de Primavera...Beijos meus!!

ErikaH Azzevedo disse...

Que bom dia mais gostoso menino.
Linda declaração de amor.
E haja amor pra inspirar um escrever assim.
Dos teus , esse foi o que eu mais gostei.
Aqui é primavera mas valeria ser até outno.

Bjo lindo.

Erikah