22 de maio de 2010

Leito de Folhas Verdes!..


Leito de Folhas Verdes

Por que tardas, Jatir, que tanto a custo
À voz do meu amor moves teus passos?
Da noite a viração, movendo as folhas,
Já nos cimos do bosque rumoreja.

Eu, sob a copa da mangueira altiva
Nosso leito gentil cobri zelosa
Com mimoso tapiz de folhas brandas,
Onde o frouxo luar brinca entre flores.

Do tamarindo a flor abriu-se, há pouco,
Já solta o bogari mais doce aroma!
Como prece de amor, como estas preces,
No silêncio da noite o bosque exala.

Brilha a lua no céu, brilham estrelas,
Correm perfumes no correr da brisa,
A cujo influxo mágico respira-se
Um quebranto de amor, melhor que a vida!

A flor que desabrocha ao romper d`alva
Um só giro do sol, não mais, vegeta:
Eu sou aquela flor que espero ainda
Doce raio do sol que me dê vida.

Sejam vales ou montes, lago ou terra,
Onde quer que tu vás, ou dia ou noite,
Vai seguindo após ti meu pensamento;
Outro amor nunca tive: és meu, sou tua!

Meus olhos outros olhos nunca viram,
Não sentiram meus lábios outros lábios,
Nem outras mãos, Jatir, que não as tuas
A arazóia na cinta me apertaram

Do tamarindo a flor jaz entreaberta,
Já solta o bogari mais doce aroma;
Também meu coração, como estas flores,
Melhor perfume ao pé da noite exala!

Não me escutas, Jatir! nem tardo acodes
À voz do meu amor, que em vão te chama!
Tupã! lá rompe o sol! do leito inútil
A brisa da manhã sacuda as folhas!

Gonçalves Dias

15 comentários:

Poesia...Poesia disse...

Quero apenas cinco coisas.
Primeiro o amor sem fim.
A segunda ver o outono.
A terceira o grave inverno.
Em quarto lugar o verão.
A quinta coisa são teus olhos.
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser… sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que:
Continues me olhando."

Pablo Neruda

Beijos poéticos e perfumados neste Sábado! M@ria

M@ria disse...

Hoje te ofereço uma flor!

Aceita esta flor como uma oração elevada
aos céus, carregando teu nome, pedindo
que a luz de todas as estrelas se derrame sobre a tua Vida.

Aceita esta flor como se um pássaro fosse,
levando em seu bico a verde folha da esperança,
a semente de brancos e puros lírios,
para que vivas em eterna Paz.

Feliz Sábado com aroma das flores...M@ria

Lady disse...

Ah, estou levando o selo da amizade, e colocarei mais tarde no meu slide de selos.
Bj

Lady disse...

Olá!
Que leitura deliciosa tive agora.
Palavras doces, que nos levam a viajar no pensamento.
Obrigada.
Deixo aqui meu carinho e o desejo que seu fim de semana seja maravilhoso.
Com carinho, Lady.

Carmem L Vilanova disse...

Lindo poema...
Gostei muito!
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Elcio Tuiribepi disse...

Obrigado amigo pela presença lá no espaço Aberto...obrigado pelas palavras de carinho e pelo poema também...
Parabéns por seu blog...e que vida possa lhe trazer muitas bençãos...
Um abraço na alma...bom domingo...valeu amigooo

Princesa disse...

Um mundo colorido...
um mundo feliz...
um mundo cheio de paz...
um mundo cheio de afeto...
um mundo cheio de serenidade...
um mundo cheio de esperança...
e um dia cheio de alegrias!
Passei para colorir, aquecer e alegrar
um pouco mais seu coração!
beijocas e um lindo, lindo dia

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Fico sem palavras, mas o seu convite a sorrir com sua presença no Néctar, sempre é declarado. O que você escreve nos comentários é digno de post, tudo pra ser eternizado, como o sentimento vivo que sinto que pulsa em ti.

O que dizer? Que dá pra sentir a maravilha do seu carinho com a gente.

Você é um querido!

Rebeca

-

"re" disse...

Bellíssimo poema onde um eu lírico feminino se prepara para o amado um leito de folhas
A frustação e a decepção provocadas pelo desencontro.
É possível perceber, ao longo do poema, que a natureza comunga com os sentimentos do eu
lírico e a entrega amorosa total .
Concepção amorosa, inspirada nas cantigas medievais, e a temática indianista coloca o
mesmo em sintonia com o espírito romântico da época.
Escolha inteligentíssima meu amigo...
Grata pelo carinho de sempre...

Un beso...feliz semana pra ti...

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Que coisa mais linda esse poema!
Digno de estar entre os cânticos de Salomão.

Parabéns, querido!

lili laranjo disse...

Aqui aLI ACOLÁ


Poesia linda


lINDAS PALAVRAS

PALAVRAS VERDADEIRAS

QUE SENTI

PORQUE SÁO REAIS.

UM BEIJO

Vieira Calado disse...

Passei para inteirar-me das novidades

e deixar

saudações poéticas.

M@ria disse...

" Ama-me é tempo ainda, interroga-me e te direi que o nosso tempo é agora."

(Hilda Hilst )

Bom diaaaa,com muito amor e poesia...M@ria

Graça Pereira disse...

Poema cheio de lirismo...de sensações idílicas...quase na despedida desta Primavera...de folhas verdes mas...com muito pouco sol... Belissima escolha!
Beijo amigo
Graça

Poesia...Poesia disse...

"Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo dizer brincando.."

Charles Chaplin

Hoje te ofereço flores...Bom dia!!