13 de fevereiro de 2010

Hino à Beleza!..


Hino à Beleza

Onde quer que o fulgor da tua glória apareça,
— Obra de génio, flor de heroísmo ou santidade, —
Da Gioconda imortal na radiosa cabeça,
Num acto de grandeza augusta ou de bondade,

— Como um pagão subindo à Acrópole sagrada,
Vou de joelhos render-te o meu culto piedoso,
Ou seja o Herói que leva uma aurora na Espada,
Ou o Santo beijando as chagas do Leproso.

Essa luz sem igual com que sempre iluminas
Tudo o que existe em nós de grande e puro, veio
Do mesmo foco em mil parábolas divinas:
— Raios do mesmo olhar, ânsias do mesmo seio.

Alta revelação que, baixando em segredo,
O prisma humano quebra em ângulos dispersos,
Como a água a cair de rochedo em rochedo
Repete o mesmo som, mas em modos diversos.

É audácia no Herói; resignação no Santo;
Som e Cor, ondulando em formas imortais;
No mármore rebelde abre em folhas de acanto,
E esmalta de candura a flora dos vitrais.

Ó Beleza! Ó Beleza! as Horas fugitivas
Passam diante de ti, aladas como sonhos...
Que importa onde elas vão, doutra força cativas,
Se o Infinito luz nos teus olhos risonhos?!

Abrem flores, cantando, ao teu hálito ardente,
Brilham as aves como estrelas, e as estrelas,
Como flores enchendo a noite refulgente,
Deixam-se resvalar sobre quem vai colhê-las...

És tu que às ilusões dás juventude e forma,
Tu, que talvez do céu, de onde vens, te recordes
Quando, a ouvir-nos chorar, a tua voz transforma
Dissonâncias de dor em imortais acordes.

Vejo-te muita vez, — luz de aurora ou de raio,—
Como um gládio de fogo a avançar no horizonte;
Ou então, em manhãs transparentes de Maio,
Náiade toda nua a fugir duma fonte.

Outras vezes, de noite e a ocultas, apareces,
Como ovelha que Deus do seu redil tresmalha,
Trazendo no regaço inesgotáveis messes,
Que Ele por tuas mãos sobre a miséria espalha...

Pudesse eu revelar-te em estrofes aladas,
Que partissem ao Sol refulgindo em lavores,
Com rimas de oiro, em talau e púrpura engastadas,
Como versos que vão desabrochando em flores!

Mas a língua não é sumptuosa bastante
Para nela deixar teu génio circunscrito;
Trago-te dentro em mim, sinto-te a cada instante,
E a voz nem mesmo tem a eloquência dum grito!

Mas se para o teu culto, em esplendor externo,
Não encontro uma prece altamente expressiva,
Por ti meu coração arde dum fogo eterno,
Como chama a tremer de lâmpada votiva!

António Feijó

11 comentários:

angela disse...

Lindo.
Escolheste bem.
beijos

Graça Pereira disse...

Simplesmnte MARAVILHOSO! António Feijó não é um poeta muito conhecido e é pena porque tem poesias lindas como esta e que tu revelas aqui como uma boa escolha.
Um beijo e bom carnaval.
Graça

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Querido amigo,

Você havia sumido, mas que bom que apareceu com suas palavras que sempre encantam. Sempre é muito bom, poder dividir carinho com aqueles que demonstram tanto afeto.

Some mais não... você é querido por nós.

Que seu final de semana seja abençoado.

Rebeca

-

ErikaH Azzevedo disse...

Uma ode á Beleza , e são tantas as belezas a serem contempladas nessa vida....eu cultuo a beleza das alavras mas sei e sinto...o que é beleo mesmo é o sentimento de verdade , aquilo que se vê com o coração.


Adorei teu comentario em meu cantinho e quero te convidar pra que voltes sempre , pra q faças de lá tb um cantinho teu.

Um beijo

Estou a te seguir.

Erikah

"Cantinho Poético" disse...

lindo texto amigo.Obrigada por compartilhar.
BOM FDS.......Beijos M@ria

MARIA L. BÓZOLI disse...

Tem Selinho prá voce......venha buscar

"Seu blog é um luxo"

Com carinho lhe ofereço...Beijos!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É tão bom quando podemos curtir o carnaval com tranquilidade. Seja na folia ou em casa, temos que sentir que a batucada, mesmo, é na nossa vida e o samba enredo sempre é aquele do coração. Então vou com um sambinha gostoso do Chico, espero que goste:

http://www.youtube.com/watch?v=YU547fUsHqI

Maravilhoso começo de semana, querido amigo.

Rebeca

-

Chris... ჱܓ disse...

Olá...
Obrigada pelas palavras de carinho no meu blog... Volte sempre lá...
Adorei o teu espaço, bem informativo...

Um abraço!

Casal do Arrocha disse...

Passando pra te desejar um maravilhoso final de semana.
Bjs.

MARIA L. BÓZOLI disse...

Lindo texto....Uma semana de Paz e muita Poesia.

Beijos M@ria

Patricia disse...

Belas palavras,maravilhosas informações...
Palavras que surgem da alma e dão esperança para o corção!