26 de outubro de 2009

Mar!..


Mar..

Que me dera ter poder, e ao tocá-lo
Como o fez Moisés, tuas águas separar
E entre paredes segura, atravessá-lo
Para bem de perto, ver aquele olhar..


Glória Salles

4 comentários:

angela disse...

As vezes é um mar perioso que nos separa de nosso amor.
beijos

Maria L. Bózoli disse...

Mar..



Que me dera ter poder, e ao tocá-lo
Como o fez Moisés, tuas águas separar
E entre paredes segura, atravessá-lo
Para bem de perto, ver aquele olhar..

Ke verso mais lindooooooooooo

Agradeço sua visita ao meu blog.
Espero voce por lá mais vezes.

Aki deixo meu carinho e desejos de uma semana feliz....Beijossssssss

εïз εïз Doce Essencia εïз εïз disse...

Boa Tarde ^.~

Olha vc de novo adornando meu dia com sua doce visitinha !Obrigada pelas palavras,eu realmente me apaixonei por vc e todo o conteudo do blog !
E uma paixao saudavel...rs nao quero ser indelicada e nem causar ciumes em ninguem...rs
Olha,qto ao selo e meu sim...todos os que ali estao com a cx de link-me foram feitos por mim ! Sao de outros blogs que eu sou dona,embora ande numa correria danada,mas correspondo aos meus amigos sempre em seus comentarios.
Menino,posso saber teu nome ?
O meu ja sabes e Doce Essencia ^.~
Doce para os amigos...rs

Uma semana encantadora e que poema lindo este...eu se pudesse separaria o mar da tristeza so para a alegria estar constante.

Doces Beijos

Doce Essencia

Graça Pereira disse...

Talvez não consigas partar o mar como fêz Moisés...mas talvez seja mais fácil encontrares esse olhar...
Um beijo.
Graça