11 de outubro de 2009

INFELIZ- Humano sem Coração!..


INFELIZ - Humano sem Coração

Moribundo destruidor de sonhos
Mente que roi e destroi
Corpo sem alma nem chama
Ser que humano não é,
Trilhando caminhos sem norte
Caindo em qualquer lugar
Destruidor de gentios seres
Caído numa desgraça
Culpa de seu ideal
Cujo lema é o mal,
Segue teu caminho maldoso
Num pensamento tenebroso
Mas afinal quem és tu?
Alma sem destino nem acção
Porque na minha mão está
Arrancado de teu peito
Teu maldoso coração.

Aqui - Ali - Acolá

8 comentários:

Bela disse...

O que me assusta não é os gritos de uns, mas o silêncio dos outros.

Existe tanto lobo com pele de cordeiro neste mundo, que nos faz ficar desconfiados todo o tempo e não poder confiar livremente.

Beijos

Graça Pereira disse...

E quen quer ficar com um coração maldoso? O melhor, é seguirmos a nossa viagem!!
Um beijo.
Graça

O Cidadão abt disse...

Poças!!! Isto faz lembrar aquela cena marada do D.Pedro que arrancou o coração pelo peito ao Diogo Lopes Pacheco, ao Pêro Coelho e ao Álvaro Gonçalves, os tais carrascos da sua amada, D. Inês de Castro!

O mesmo aconteceu com os Aztecas que trabalharam bastante mais do que em Belzec, Auschwitz, Chelmno, Majdanek, Sobibór e Treblinka juntos!

...E os sacerdotes de Ogun... com mais delicadeza!!

Lagarto, lagarto, lagarto!!!

AFRICA EM POESIA disse...

Meu Amigo Deixo para ti com muita amizade e este vento tem cheiro a África...


O VENTO


Queria ser
O que queria ser?
Queria ser vento...
Para ser livre...
Para te tocar
E te abraçar

E de mansinho
Chegar-me a ti
E sussurrar-te
Como gosto de ti...

E devagar
Devagarinho
Ia-te acariciando
E tu ias notando
Que eu estava aí...

E o vento
Ia crescendo
E mesmo com força
Gostava de o ser...
Para que visses
A força que tenho...

Força do vento
Vento tufão
E queria...
Poder ter-te...
Sempre na minha mão.

LILI LARANJO

Feitio'zinho disse...

Ninguém gosta de ter o coraçao maldoso de outra pessoa.

Mas infelizmente não escolhemos de quem gostamos*

BeijinhO e uma Boa Semana.

PS: Vou seguir o blog ;)

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O coração quando grita...
... sabe que pode ser ajudado.

Ah querido amigo, tudo o que você escreve lá no blog cria vida e sentimento. Seu carinho e seu viva merecem toda nossa consideração e respeito.

Que sua semana seja abençoada.

Rebeca

-

Casal do Arrocha disse...

Que imagem!
Grande bj...

angela disse...

Poema forte. Belo.
beijos