1 de setembro de 2009

O Amor e o Tempo!..


O Amor e o Tempo

Pela montanha alcantilada
Todos quatro em alegre companhia,
O Amor, o Tempo, a minha Amada
E eu subíamos um dia.

Da minha Amada no gentil semblante
Já se viam indícios de cansaço;
O Amor passava-nos adiante
E o Tempo acelerava o passo.

— «Amor! Amor! mais devagar!
Não corras tanto assim, que tão ligeira
Não pode com certeza caminhar
A minha doce companheira!»

Súbito, o Amor e o Tempo, combinados,
Abrem as asas trémulas ao vento...
— «Porque voais assim tão apressados?
Onde vos dirigis?» — Nesse momento,

Volta-se o Amor e diz com azedume:
— «Tende paciência, amigos meus!
Eu sempre tive este costume
De fugir com o Tempo... Adeus! Adeus!

António Feijó

5 comentários:

angela disse...

E não é que é assim mesmo?
Poema bem formulado.
abraços

Graça Pereira disse...

Mas o Amor, não foge com o tempo, acredita! Escolheste bem o poema!
Já tenho o teu selo no meu blog e intitulei-o Amizade1. uM ABRAÇO GRANDE Graça

Escrevo Palavras e choro poemas disse...

Te agradeço de coraçao pelo selo e sua visitinha no meu blog! bj**

Princesa disse...

Boa tarde amigo
Espero que possa dizer boa tarde mesmo sem o arrazador calor dos ultimos dias que por aqui tem sido demais mas que hoje amanheceu um pouco mais comedido mas que agora está a aquecer outra vezeste ano está demais.
O amor e o tempo um belo poema, realmente o amor é um pouco contraditório mas o verdadeiro o tempo não mata enquanto que aquele que parece mas que não passa duma ilusão esse sim o tempo leva para bem longe.

Que encanto tens tu amigo???
Que me faz sorrir o coração...
Que mágica tu dominas??
Que me deixa a alma feliz!!
Uma palavra carinhosa, um consolo...
A sensação de um carinho sincero,
A ilusão da presença,
A explosão da alegria...
Uma cumplicidade infinita,
nos sonhos do dia a dia...
Que importa a distância??
( `♥.¸**A*
`♥.¸ )**D*
( `♥.¸***O*
`♥.¸ )****R*
( `♥.¸*****O*
**********
`♥.¸ )*****V*
( `♥.¸******C*
___00000___00000 *.
__0000000_0000000. * .. *..
__000000000000000. * * .
___0000000000000 * . * . * ...
____00000000000 * .
______0000000 * .
________000 * . . * ...
_________0* . * .

Lhe desejo um resto de dia com tudo de melhor
Um beijinho

Parapeito disse...

o Amor nao deve nunca sentir azedume :)
è triste quando isso acontece ...
Quanto ao teu miminho...levo ele colado ano coração :)
Um abraço ruim *****