25 de fevereiro de 2009

O Teu Olhar

Passam no teu olhar nobres cortejos,
Frotas, pendões ao vento sobranceiros,
Lindos versos de antigos romanceiros,
Céus do Oriente, em brasa, como beijos,

Mares onde não cabem teus desejos;
Passam no teu olhar mundos inteiros,
Todo um povo de heróis e marinheiros,
Lanças nuas em rútilos lampejos;

Passam lendas e sonhos e milagres!
Passa a Índia, a visão do Infante em Sagres,
Em centelhas de crença e de certeza!

E ao sentir-se tão grande, ao ver-te assim,
Amor, julgo trazer dentro de mim
Um pedaço da terra portuguesa!

Florbela Espanca

8 comentários:

Desejos Aliciantes disse...

Lindo poema, perfeita declaração de amor
Obrigada pela visita no meu
que vc tenha uma boa Quinta
Beijos

gabyshiffer disse...

Eu de novo, pra ver o seu olhar do amor com um pedaço de portugal...
Obrigada pelo carinho
Boa Quinta
Beijos

Menina do Mar disse...

Querido amigo,
Primeiro de tudo, suas palavras são magnificas nesse contexto poetico.
Segundo,vim agradeçer tua vizita,
venha quando quiser,sera sempre bem vindo!
A proposito,adorei a musica do RC..sou facinada em Jovem Guarda

bjos

Izinha disse...

Simplesmente adorável, de um amor declarado.

bjos!

Cacau disse...

Amei passar por aqui e ter o prazer de ler uma bela declaração. Agradeço a visita, e espero logo um novo momento de encantamento. Bom final de semana

KarolinaB disse...

olá! sou uma das colaboradoras no Feras Feridas e vim retribuir a visita. Vc tem um agradável lugar aqui. Muito singular.

seja sempre muito bem vindo :)

Aqui - Ali - Acolá disse...

A todas estas minhas amigas eu agradeço a visita ao meu blog e, voltem sempre que serão bem recebidas com muito carinho e amizade.

Um bom final de semana a todas eu desejo.

bjinhos..

Desejos Aliciantes disse...

Obrigada pelo seu comentário tão gostoso no meu espacinho
Boa noite pra vc
Beijos aliciantes